Você Sabe o que é Logística Reversa?

Segundo dados da ABRELPE (Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais), em 2012, quase 24 milhões de resíduos sólidos urbanos produzidos pela população brasileira deixaram de ser coletados e, por consequência, o equivalente a 168 estádios do Maracanã lotados foram descartados de forma incorreta em lixões ou aterros.

Como Surgiu?

Devido ao aumento da população das cidades e o consequente crescimento da produção de lixo nos centros urbanos, tornou-se necessária à criação da logística reversa que, de acordo com a lei é “um instrumento de desenvolvimento econômico e social que consiste num conjunto de ações, procedimentos e métodos utilizados para viabilizar a coleta e restituição de resíduos sólidos do setor empresarial.”. Este instrumento tem como intuito reaproveitar a grande parte dos resíduos da empresa para que ela mesma possa utilizá-los novamente, ou seja, os resíduos poderão ser utilizados para qualquer ciclo produtivo que tenha uma destinação final adequada do material coletado.

A logística reversa foi proposta de acordo com a Política Nacional de Resíduos Sólidos, que começou a vigorar a partir de 2014. Esse mecanismo de desenvolvimento sustentável introduz diversos conceitos como o ciclo de vida dos produtos. O ciclo de vida dos produtos são todas as partes envolvidas em um processo sendo corresponsáveis pelo manejo urbano dos resíduos sólidos, sejam fabricantes, empresários, comerciantes ou consumidores.

Qual é o Objetivo?

O sistema tem o objetivo de lidar principalmente com os seguintes produtos: pneus; pilhas e baterias; embalagens e resíduos de agrotóxicos; lâmpadas fluorescentes, de mercúrio e vapor de sódio; óleos lubrificantes automotivos; peças e equipamentos eletrônicos e de informática; e eletrodomésticos. Esse sistema é responsável por minimizar o volume destes resíduos, reduzindo assim os impactos causado ao meio ambiente e à saúde.

Como é Realizada?

A logística reversa é operacionalizada por meio de acordos setoriais, com contratos firmados entre o governo e fabricantes, importadores, distribuidores ou comerciantes, com regulamentos expedidos pelo poder público ou termos de compromisso.

A implantação da logística reversa e do aumento conscientização ambiental, trazem diversos benefícios como a preservação da fauna e da flora dos locais, preservação de rios, incentivo à reciclagem e reaproveitamento de materiais e a redução no consumo de matérias-primas. É a logística auxiliando o desenvolvimento sustentável das cidades brasileiras!

No setor de eventos de grande porte também existe logística reversa. Imagine só: plantas e flores, alimentos industrializados intocados, painéis plásticos ou em MDF, tecidos, displays e muito mais. Existem até ONG´s que atuam com este tipo de ´logística reversa´. Há uma tendência global para se utilizar estruturas temporárias para grandes eventos a fim de se evitar desperdícios de materiais e financeiros e muito provavelmente isso será observado em grande escala no Japão, nas próximas Olimpíadas! Entidades setoriais de eventos no Brasil já têm em pauta o assunto há bastante tempo. Tomara que essa onda se espalhe por todo o mundo!

A WAIVER LOGISTICS

A WAIVER foi fundada em 1989 inicialmente atuando na área de gestão e consultoria aduaneira e se tornou ao longo dos anos referência nacional em excelência na atuação com projetos logísticos que envolvem regimes especiais de importação e exportação.

A WAIVER está presente nos principais países da América Latina com estrutura própria e parceiros dedicados que atuam com o mesmo DNA do Grupo WAIVER: transformar a necessidade do cliente em soluções logísticas diferenciadas para eventos internacionais. Entre em contato com a nossa equipe e entenda todos os processos que desenvolvemos para entregar a solução completa para o seu evento internacional: http://www.waiver.com.br/contato/

BLOG

logística de eventos corporativos

Como fazer a logística de eventos corporativos?

Efetuar a logística de eventos corporativos além de demandar muito trabalho necessita de uma equipe totalmente experiente para executá-la, uma vez que existem diversos tipos de eventos corporativos e cada um deles têm características, abordagens e objetivos diferentes.

VEJA MAIS ►

feiras menores também exigem planejamento de logística

Por que feiras menores também exigem planejamento de logística?

Os megaeventos, como feiras e exposições de grande porte possuem grandes equipes que realizam o planejamento de logística para garantir que tudo saia conforme foi esquematizado. No entanto, não são apenas os megaeventos que necessitam de um planejamento de logística, afinal, as feiras menores têm sido muito recorrentes e merecem todo um suporte por trás […]

VEJA MAIS ►

member of: